Entretenimento Pra ficar de olho

IZA: uma surra de empoderamento e representatividade

A cantora pop que ganhou o apelido de Rihanna Brasileira, vem ganhando cada vez mais espaço musical. Com 25 anos, nascida em Olaria, Zona Norte do Rio, e formada em Publicidade pela PUC, a musa é a nova aposta no cenário pop nacional.

IZA cita Lauryn Hill, Rihanna e Tina Turner como referências musicais. Com esse histórico de peso já dá para imaginar o estilo e a qualidade da música que ela canta, né? O seu estilo é tão marcante que ela foi convidada para ser uma das atrações da festa do estilista francês Jean Paul Gaultier no Rio, em outubro, e fez um cover do hit “Last dance”, de Donna Summer.

E por falar em moda, IZA recentemente já foi capa do caderno Ela, entrevistada pela Vogue Brasil e neste mês de janeiro é a capa da revista Capricho. Para uma adolescente negra, eu sei o quanto é importante tem alguém na mídia onde você pode sentir-se representada. Durante a minha adolescência eu também lia Capricho e só encontrava modelos brancas, de cabelo liso. Então (é óbvio!) que eu também alisava o cabelo para me sentir minimamente “aceita”. E por isso eu acho que essa capa da Capricho tem um super significado no cenário atual. Uma verdadeira surra de lacre e representatividade!

“Quando eu era mais nova, não tinha nenhuma referência de jovem negra para me espelhar. Tenho uma preocupação grande de levantar essa bandeira e expressarei isso nas letras, nos vídeos, no figurino.”

“Minha roupa, meu cabelo e minha maquiagem comunicam o que quero: representatividade e meu empoderamento (negro e feminino)”

“Essas canções refletem minorias antes reprimidas, mas que agora se orgulham de ser quem são. Eu mesma sempre alisei o cabelo para tentar me enquadrar. Um dia coloquei essas tranças para entender quem eu era. Hoje sou mais segura e feliz.”

Aperta o play o se liga no swing que ainda vai dar muito o que falar daqui pra frente!

You Might Also Like

1 Comment

  • Reply
    Jacalyn
    5 de junho de 2017 at 11:20

    As always, Thanks. Having one of my own (and hubby swears the child gets it from me…) & reading these insights from those that have been there & ar;#8n&217et preachy about it is very comforting. becky´s last post [type] ..

  • Leave a Reply